Diario do Grande ABC: TRE rejeita registro de vice de Buiú

20/07/2012

Marília Montich
Raphael Rocha

Vice na chapa do candidato à Prefeitura de Diadema Edvan Rodrigues de Souza, o Buiú (PMN), Edvaldo Cavalcante Nobre (PMN) teve seu registro de candidatura rejeitado pelo TRE (Tribunal Regional Eleitoral). A recusa no aval eleitoral do peemenista decorreu do não cumprimento do prazo para filiação no partido.

A legislação eleitoral determina que candidatos a cargos públicos ingressem nas legendas pelo menos um ano antes da data do pleito. Como a eleição deste ano acontece no dia 7 de outubro, as filiações deveriam acontecer até o dia 7 de outubro de 2011. Nobre se associou no PMN no fim do ano, mas com assinatura retroativa para receber crivo do TRE. A manobra foi detectada pelo tribunal.

Segundo o especialista em direito eleitoral Fernando Molino, se quisesse, Nobre poderia recorrer da decisão até a data da eleição e continuar na chapa, mas o ideal seria realizar a substituição. “As candidaturas de prefeito e vice correm juntas, e o indeferimento de um atrapalha o outro”, avaliou.

O PMN já informou que mudará a chapa, embora ainda haja possibilidade para Nobre recorrer da decisão do TRE. Ontem, a direção da legenda se reuniu para encontrar nome, porém não houve consenso entre os dirigentes.

Apoiadores de Buiú defenderam nome de um comerciante para dividir a chapa. Entretanto, aliados do presidente do PMN municipal, Silvino Roque Neto, exigem a indicação de alguém ligado ao comando da sigla. Nobre foi alçado à vaga ao lado de Buiú por ser primo da mulher de Roque Neto.

Hoje o diretório deve realizar novo encontro, a pedido da vice-presidente estadual do partido, Thelma Zayla Albano. O objetivo é sanar o problema até o fim da semana para não prejudicar as atividades eleitorais de Buiú.

O humorista evitou comentar o imbróglio mas, por meio da assessoria, informou que a impugnação de seu vice não vai atrapalhar a campanha. “É um caso isolado e estou tranquilo”, garantiu.

RIXA INTERNA
A escolha de Nobre foi tentativa do partido de amenizar a divisão dentro do diretório de Diadema. O grupo ligado à presidência defendia a aliança com o PSDB e a indicação de um vice para o ex-deputado tucano José Augusto da Silva Ramos (que agora concorrerá a vereador; o PSDB apostará em Maridite Oliveira como prefeiturável).

A decisão da cúpula estadual foi pela candidatura própria de Buiú como forma de impulsionar a sigla na Região Metropolitana. Sem alternativa, o grupo de Roque Neto exigiu a indicação do vice ao lado do humorista.

O remendo ficou escancarado no início das atividades eleitorais de Buiú. Tanto que Nobre não participou de nenhum ato oficial de campanha do comediante.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: