Lei 12.305/2010 – Política Nacional de Resíduos Sólidos

Foi aprovada pelo Congresso Nacional e sancionada pelo Presidente Luiz Inácio Lula da Silva a Lei n.° 12.305/2010, que institui a Política Nacional de Resíduos Sólidos.

A despeito de alguns municípios, como o de São Paulo, possuírem legislação específica sobre a reciclagem de alguns tipos de resíduos, a Lei 12.305/2010 vem com o objetivo de ampliar tais disposições de âmbito municipal/estadual, e sujeitar à sua observância pessoas físicas ou jurídicas, de direito público ou privado, responsáveis direta ou indiretamente, pela geração de resíduos sólidos e as que desenvolvam ações relacionadas à gestão integrada ou ao gerenciamento dos referidos resíduos.

Com a referida lei estabeleceu-se princípios e diretrizes de amplo alcance que podem ser aplicados de diversas formas para o fim de se proteger e manter o meio ambiente equilibrado, na produção e na sua posterior destinação final ambientalmente adequada. Dentre estes, podemos elencar a responsabilidade compartilhada por todos os entes que participam do processo produtivo e gerencial dos produtos, bem como a cooperação entre as diferentes esferas do poder público, abrangendo o setor empresarial e demais segmentos da sociedade.

A lei ainda precisa passar por regulamentação. Muitos pontos da lei, sem a regulamentação, não terão eficácia prática. Outrora, será necessário estabelecer um prazo de adaptação para as empresas e disciplinar o tratamento que deve ser dado a cada tipo de material.

Anúncios

Tags: ,

Uma resposta to “Lei 12.305/2010 – Política Nacional de Resíduos Sólidos”

  1. CARLOS BENEDITO PASSOS Says:

    Nós , entendemos que essa lei é abrangente, eu diria até avançada, porém o que nos preocupa desde já é como fazer para que os politicos também tenham consciência da importância da reciclagem, do reaproveitamento do resíduos sólidos, pois aqui em Belém(PA) o nosso gestor municipal em 6 anos de mandato não demonstrou nenhuma vontade de transformar o nosso LIXÂO em um Aterro Sanitário, é só observar que atualmente o destino final (LIXÂO) é coordenado por uma pessoa sem nenhuma qualificação técnica para exerce tal função pois o mesmo se quer tem experiência, é apenas o “amigo do rei”. Povavelmente Belém seja a única capital do País onde o lixo não recebe nenhum tipode tratamento.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: